"Inapelavelmente, há que se valorizar a palavra, na sua mais elementar forma, como na essência da perfeição do seu significado. Revigorá-la é um imperativo. Com o júbilo da coragem e do amor.
A palavra emerge. Viva. Desentranhada dos pensares de quem faz poesia. (Cavalcanti Barros)

"A poesia é a música da alma e, sobretudo, de almas grandes e sentimentais". (Voltaire)

"A poesia está mais próxima da verdade vital do que a história". (Platão)

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Ciclo da vida

                                                 Lys Carvalho


Não tenho mais memória para lembrar
palavras, músicas, datas e receitas,
mas tenho um calor na alma,
que abastece meu coração
de ternura, amizade e muito amor.

Já não tenho idade para correr,
mas firmo, bem devagar,
cada passo, no compasso da vida,
contando e relembrando
a pressa de um passado,
no qual somos como frutas
(frescas e viçosas).

Não tenho mais a firmeza das mãos
para escrever todas as lembranças
de um passado que ainda vivo,
mas, lembrar revigora a alma
e o coração, para continuar a viver.

Não tenho mais velhos e queridos amigos,
mas tenho a felicidade de conquistar novos,
reciclando meus conhecimentos e valorizações,
tornando-me mais receptiva à vida.

Não tenho mais pai, mãe, irmão, tias e tios,
mas tenho guardado seus rostos
e suas marcantes presenças,
nos lindos momentos de minha vida.

No ciclo da vida, somos como as nuvens
que vão passando...
e formando vários cenários,
até que se dissolvem no céu.

Hoje, as rugas
(que marcam minha face)
nada representam dentro do meu ser.
Vivo uma vida interior serena,
plena de grandes, boas e gratas
recordações!


Copyright © 2015 by Lys Carvalho
All rights reserved.



4 comentários:

Valderez de Barros disse...

Lys,
Tocaste fundo o meu coração, com teus belos e emocionantes versos.Não consegui conter as lágrimas,pela verdade contida neles.
É isso amiga, esse é o "Ciclo da Vida", pelo qual todos nós passamos.Mas, graças a Deus, o mais importante é o que dizes na última estrofe.Eu também parei no tempo e no espaço,e a minha idade é aquela que vivo no meu interior.
Apesar de não nos vermos há tanto tempo, a amizade que sinto por todos os meus amigos, cresce a cada dia no meu coração.Um grande e saudoso abraço!!!
Dês.

Lys disse...

Dês, na nossa vida agitada, o tempo passa tão rápido que não nos damos conta.Hoje, revendo o blog do Movimento da Palavra vi seu doce comentário.Obrigada pelo carinho,tenho certeza que nosso elo é forte.Beijos

dydha lyra Lyra disse...

O que TDS sentem .. .

JAC disse...

É o retrato da vida de todos nós que avançamos no tempo. Ficam as lembranças de rostos, de gestos, de nomes. Isso compõe a memória que deveria ser preservada para além dos nossos tempos. Parabéns, Lys Carvalho.